Terça-feira, 24 de Julho de 2018

...

(…)Eu, por meu  lado, nunca teria querido ser o Glenn Gould; contrariamente ao Wertheimer, que teria gostado muito de ser o Glenn Gould, eu sempre quis ser apenas eu próprio, o Wertheimer, no entanto, sempre pertenceu ao número daqueles que estão continuamente, durante toda a vida e para seu perene desespero, a desejar ser outra pessoa, que eles acreditam ser mais favorecida pela vida, pensei eu. O Wetheimer teria gostado de ser o Glenn Gould, teria gostado de ser o Horowitz, teria provavelmente gostado mesmo de ser o Gustav Mahler ou o Alban Berg. O Wertheimer não conseguira ver-se a si próprio como um ser único, como qualquer pessoa o pode e deve fazer se não quiser cair no desespero, qualquer pessoa, seja quem for, é um ser único, é o que estou sempre a dizer a mim próprio e assim fico salvo. O Wertheimer nunca pôde ter diante dos olhos esta tábua de salvação, ou seja, nunca pôde considerar-se a si próprio como algo de único, faltavam-lhe para isso todas as condições prévias. Cada pessoa é um ser único e, na realidade, considerada em si mesma, é a maior obra de arte de todos os tempos, foi sempre esta a minha opinião que sempre pude manter, pensei eu. O Wertheimer não tinha esta possibilidade, e por isso queria ser sempre o Glenn Gould ou mesmo o Gustav Mahler ou o Mozart e outros que tais. E logo desde muito cedo começou a ser infeliz por causa disso, e continuou sempre a sê-lo. Não precisamos de ser génios para sermos únicos e para o sabermos reconhecer, pensava eu.

 

O Náufrago, Thomas Bernhard, trad. Leopoldina Almeida, Relógio d’Água, p.81

publicado por C. às 22:22
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

.arquivos

. Novembro 2018

. Julho 2018

. Junho 2018

. Maio 2018

. Março 2018

. Fevereiro 2018

. Janeiro 2018

. Dezembro 2017

. Setembro 2017

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Junho 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds